Não existe pessoa que mais conheça o significado da palavra doação que uma mãe. Ela tem capacidade de interpretar sentimentos e, com sabedoria, proteger e amparar seus filhos. A sua existência é um ato de amor, sobretudo, porque doa sem receber nada em troca. Para agradecer todas as doadoras em homenagem alusiva ao Dia das Mães, a Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia promoveu na última terça-feira (5), de forma especial, um dia dedicado à beleza feminina. O instituto Embelleze (Joana Angélica) e a Escola de Cabeleireiros Profissional ofereceram corte de cabelo gratuito para todas as mães que comparecessem ao hemocentro coordenador da Hemoba, na Ladeira do HGE em Salvador.

Atualmente, o sexo feminino representa 40% do total de doadores na Bahia, a média nacional de mulheres doadoras no Brasil é de 30%, número considerado ainda pequeno. Para melhorar a participação do público feminino, a Hemoba lançou uma campanha com o slogan ‘Coração de Mãe é mole e tem sangue bom’. Com intenção de mobilizar o maior número de candidatas possível e, assim, sensibilizar para a causa da doação de sangue no estado.

Para doar sangue, as voluntárias devem estar em boas condições de saúde; pesar 50 quilos ou mais; e ter idade entre 16 e 69 anos – menores de 18 anos devem estar acompanhados por um responsável legal, para cada doação. É necessário estar bem alimentada, tendo, preferencialmente, ingerido alimentos sem gordura, e portar um documento oficial com foto (RG, carteira de trabalho, carteira de motorista ou de reservista) em bom estado de conservação. Para mais informações dos pontos de coleta site da Hemoba.