Após solicitar recursos do Ministério das Cidades para contenção de encostas, em Salvador, o governador Rui Costa se dirigiu ao Ministério da Integração Nacional para apresentar mais demandas. Na agenda com o ministro Gilberto Occhi e o prefeito ACM Neto, na noite desta quarta-feira (20), em Brasília, foram solicitados R$ 500 milhões, dos quais R$ 200 milhões para obras onde houve deslizamentos de terra e o restante para obras de prevenção. 
"Apresentamos várias encostas, um trabalho conjunto do Governo do Estado da Bahia e da Prefeitura de Salvador", disse Rui Costa. A próxima etapa, conforme o governador, será detalhar o plano de trabalho para que os técnicos do Ministério da Integração e do Ministério das Cidades possam fazer a caracterização de cada encosta. Assim o governo federal definirá o valor a ser destinado a Salvador e o roteiro para que essas obras sejam executadas. O ministro Occhi, que sobrevoou a cidade no fim do mês de abril, reiterou o compromisso em contribuir para que as obras de emergência sejam realizadas com a maior brevidade possível.