O Núcleo de Estudos de Gênero e Sexualidade (Nugsex Diadorim) da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), em parceria com a Secretaria de Cultura (Secult), inaugura nesta terça-feira (5), às 18h, a Exposição ‘Memória Lélia Gonzalez’, no Palácio Rio Branco, na Praça Tomé de Sousa, Centro Antigo de Salvador. Com 16 painéis, a mostra registra a trajetória política e intelectual da feminista negra Lélia Gonzalez, pioneira nas críticas brasileiras ao feminismo hegemônico.

A exposição, que ficará aberta para visitação até quinta (7), foi doada ao Diadorim pela associação Rede de Desenvolvimento Humano (RedeH-RJ). A programação da inauguração consta de mesa-redonda com a participação da pesquisadora e ativista Lindinalva Barbosa e da representante da RedeH-RJ, Antonia Ceva. A atividade será mediada pela professora da Uneb Cláudia Pons Cardoso.

O evento de abertura da mostra inclui exibição do filme ‘Memória Lélia Gonzalez’ e apresentação da nova coordenação do Diadorim, composta pelas docentes Amélia Maraux (coordenadora) e Cláudia Pons Cardoso (vice-coordenadora). Na lançamento serão distribuídos gratuitamente exemplares do livro ‘Lélia Gonzalez: o feminismo negro no palco da história’, produzido pela RedeH-RJ. Mais informações podem ser conferidas no site da Uneb.