Para melhorar o fluxo de pessoas e de veículos no entorno da Arena Fonte Nova, em Salvador, as obras de requalificação urbana em seis vias de acesso ao estádio serão iniciadas na próxima semana. A iniciativa é do Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), que é vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur), responsável pela concepção do projeto Rota da Arena Fonte Nova. 
No total serão investidos R$ 10,5 milhões em recursos do Governo do Estado e do governo federal, por meio do Ministério das Cidades e da Caixa Econômica Federal. As obras terão duração prevista de seis meses para a implantação de nova pavimentação, ciclofaixa, passeios e calçadas de acordo com as normas de acessibilidade. As intervenções serão realizadas no período noturno, mantendo sempre uma faixa de tráfego livre, entre as 21h e 5h. Nos fins de semana, as obras são executadas entre 14h do sábado e 17h do domingo. 

Projeto

O projeto contempla a Avenida Vale do Tororó (continuação da Avenida Costa e Silva), na pista com sentido Dique/Estação da Lapa; Rua Djalma Dutra, desde a interseção com as Ladeiras dos Galés e Nazaré até o Largo das Sete Portas; Avenida José Joaquim Seabra, no trecho entre a sua interseção com a Via de ligação entre a Avenida Presidente Castelo Branco (Avenida Vale de Nazaré), Avenida José Joaquim Seabra e o Largo das Sete Portas/Rua Cônego Pereira. 
Também estão incluídas a Avenida Vasco da Gama, no trecho compreendido entre as interseções com o Viaduto Rômulo Almeida e a Via de acesso à Avenida Mário Leal Ferreira (Avenida Bonocô); Avenida Presidente Costa e Silva, no trecho  entre as interseções com a Avenida Vasco da Gama e a Rua Baronesa de Baixo; e Avenida Presidente Castelo Branco,  entre as suas interseções com a Avenida José Joaquim Seabra e o Viaduto dos Engenheiros.