A V Plenária Nacional da Consulta Popular – Florestan Fernandes foi aberta, na manhã desta quinta-feira (19), no auditório do Centro de Formação da EBDA, no bairro de Itapuã, em Salvador, com a presença do secretário de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, e de 230 delegados de todos os estados do país. Durante o evento, que segue até domingo (22), estão em debate temas como os limites impostos ao desenvolvimento, às novas conjunturas nacional e internacional, a luta pela reforma política e os desafios das organizações populares no Brasil.

O secretário Jerônimo Rodrigues deu as boas-vindas aos participantes e parabenizou a direção nacional da Consulta Popular pela realização do encontro. “A Bahia ganha com essa plenária porque é importante, cada vez mais, trazer esses temas para os ambientes de governo, das escolas, universidades, das famílias e da sociedade”.

Ainda segundo o titular da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), a iniciativa do governo estadual em criar uma secretaria, voltada ao desenvolvimento rural, evidencia o fortalecimento das relações com os movimentos sociais. “O compromisso do Governo [do Estado] é cuidar dos povos do campo, quilombolas, indígenas, da juventude e das mulheres rurais, priorizando a inclusão socioprodutiva e estabelecendo um diálogo permanente com essas comunidades”.

De acordo com um dos organizadores do evento, Victor Alcântara, participam da plenária pessoas de diversas cidades do Brasil, representantes de movimentos sociais, autoridades e estudantes. “Estamos nesta edição homenageando o sociólogo brasileiro Florestan Fernandes, que ajudou bastante os movimentos sociais no país. A ideia da plenária é traçar um Plano de Ação para esses movimentos, orientado para a importância da reforma política”.