A ‘Feira de Artes do Sagrado’, com a participação de 40 artesãos do Recôncavo e de outras regiões da Bahia, acontece desta sexta-feira a domingo (11 a 13), das 10 às 19h, no Palacete das Artes, no bairro da Graça, em Salvador.

Iniciativa do Instituto Mauá e Cooperativa de Produtores de Artigos Religiosos e Culturais da Bahia (Cooparc), criada pela Secretaria do Turismo (Setur), o evento faz parte da programação do II Festival de Artes do Sagrado, que vai ser realizado desta quinta-feira (10) até o dia 21 deste mês.

Outra atração no Palacete das Artes é a exposição ‘Santeiros do Sagrado’, que também começa nesta sexta, com a participação de 23 santeiros baianos. Para o primeiro dia da mostra está previsto concerto musical da Arena Cia de Artes. A exposição poderá ser conferida até o dia 27, de terça a sexta, das 13 às 19h, e sábado e domingo, das 14 às 19h.

Uma série de concertos sinfônicos e de corais também vai movimentar o festival até terça-feira (15). Os eventos gratuitos ocorrem em diversos espaços de Salvador em horários variados. Nesta quinta, às 19h, a atração é a Orquestra Sinfônica da Bahia (Osba) e Coro, regidos pelo maestro Carlos Prazeres, na Igreja de São Francisco. Na sexta-feira, a partir das 20h, a apresentação terá regência dos maestros Dilton César e Ângelo Rafael, no mesmo local.

O festival também programou a Rota dos Museus. No roteiro estão dez instituições com acervo que valoriza a arte sacra. Participam da rota o Museu de Arte Sacra, Memorial Irmã Dulce, Museu Abelardo Rodrigues, Museu Carlos Costa Pinto, Museu da Misericórdia, Museu Afro Oriental (Mafro), Palacete das Artes, Museu Rosário dos Pretos (no Pelourinho), Museu da Igreja de São Francisco e Centro Cultual Capuchinhos.