Terceiro integrante do Almanaque do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) a ser preso, em menos de um mês após o lançamento da publicação, Charles Luciano de Jesus, 22 anos, teve o mandado de prisão preventiva cumprido, por investigadores da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central). Ele estava na 2ª Travessa Saturno, no bairro de Pernambués, em Salvador, na companhia do comparsa João Carlos de Jesus da Purificação, 19, também levado para o DHPP, na Pituba.

A prisão ocorreu na tarde de quarta-feira (9). A delegada titular da 2ª DH, Clelba Regina Teles, apurou que os dois participaram do assassinato de Wellington Pozar, 39 anos, em julho de 2013, na Rua Santa Clara, em Pernambués. O crime teria sido motivado pelo fato da vítima morar na localidade das Flores, no bairro, dominada por traficantes rivais, e se relacionar com uma moradora da comunidade da Guíne, onde eles vendiam drogas.

Os criminosos têm passagem pela polícia, por roubo, e são acusados de vários assaltos a estabelecimentos comerciais, em Pernambués e adjacências. A delegada vai apurar denúncia sobre a participação deles em outros homicídios ocorridos na região. Charles e João Carlos estão custodiados no Complexo Policial dos Barris.