O segundo envolvido na morte da professora universitária Anamaria Morales, de 60 anos, baleada na cabeça durante uma tentativa de assalto, na Avenida das Dunas, em Itapuã, há uma semana, Pablo Santos Viana Moura, 20 anos, teve o mandado de prisão temporária cumprido na sexta-feira (21), quando apresentou-se acompanhado de um advogado na 12ª Delegacia Territorial (DT)/Itapuã.

O terceiro assaltante e autor do disparou que matou a vítima, João Paulo dos Santos Santa Rosa, 18 anos, também teve a prisão decretada pela Justiça e está sendo procurado. Pablo foi apresentado à imprensa na manhã desta segunda-feira (24), pelo delegado Antônio Carlos Magalhães Santos, titular da DT/Itapuã.

O outro comparsa da dupla, Darlei Santos Santana, 19 anos, já estava preso. Dois dias depois do crime, ele compareceu à unidade policial, onde teve o mandado de prisão temporário cumprido, ao saber que vinha sendo procurado. Ele e Pablo foram indiciados pelo crime de latrocínio e devem ser encaminhados ao Sistema Prisional.

Anamaria foi abordada logo depois de sair de seu carro, um CrossFox, por João Paulo e Pablo, que chegaram a pé. Eles tentaram tomar a bolsa da professora, mas ela reagiu. Darlei pemaneceu a poucos metros de distância dando cobertura aos comparsas. Depois do matarem Anamaria, os ladrões fugiram sem levar nada.