Foi instalada segunda-feira (9) a Comissão de Promoção da Igualdade de Gênero, Raça e Etnia e de Combate à Discriminação, da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre). O objetivo é promover a articulação interna e parcerias com diversos órgãos governamentais e com a sociedade civil com a finalidade de combater todas as formas de discriminação, além de promover a igualdade de oportunidades e de tratamento no mundo do trabalho.

A solenidade aconteceu no Espaço Crescer e foi presidida pelo secretário Nilton Vasconcelos, que falou sobre a importância de criação da comissão, lembrando que a Setre, por meio das suas superintendências Desenvolvimento do Trabalho e Economia Solidária e da Agenda Bahia do Trabalho Decente, vem desenvolvendo várias políticas públicas sobre o tema.

Ele lembrou que as ações da secretaria já tiveram reconhecimento da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e premiação da Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres (SPM), e agora vai receber outra comenda do Ministério da Justiça pelo trabalho de qualificação profissional com custodiados de presídios baianos, numa parceria com a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap).

A comissão será presidida pela chefe-de-gabinete da Setre, Olívia Santana, que fez uma palestra sobre o tema. Ele iniciou sua fala prestando uma homenagem ao ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, que morreu na semana passada. Após este ato de instalação, o próximo passo desta comissão é definir as ações futuras e planejar o que será feito de agora em diante, disse, observando que este trabalho não será feito somente dentro da Setre. Queremos levar este tema para uma discussão mais ampla, ouvindo outros segmentos.

A comissão é formada pelos seguintes servidores: Jessevanda Galvino de Almeida (vice-presidente), Iracilda Silva Santos, Patrícia Lacerda Trindade Lima, André Luiz Ferreira da Silva, Arielma Galvão Dias dos Santos, Dionara Lopes da Rocha, Ana Lúcia Maltez de Oliveira, Efson Batista Lima, Hildásio da Silva Pitanga, Helber Pacheco Rios, Marcos Ferreira Pimentel, Izadora Sena Brito, Tadeu Paz Costa Oliveira e Uiara Lopes Nonato.