M.F.O, onze anos de idade, natural de Barreiras, Oeste da Bahia, foi a primeira paciente a ser submetida a uma cirurgia cardíaca no Hospital Estadual da Criança (HEC), localizado em Feira de Santana, a 109 quilômetros de Salvador. Bem sucedida, a cirurgia foi realizada quinta-feira (26) e durou cerca de uma hora e meia.

A criança saiu do centro cirúrgico respirando sem o auxílio de aparelhos e foi encaminhada à UTI Pediátrica do hospital, procedimento normal no período imediato pós-operatório.

A intervenção de complexidade inicial representa um marco no tratamento de cardiopatia infantil no interior da Bahia e envolveu o trabalho de uma equipe de sete profissionais no centro cirúrgico.

Nesta segunda-feira (30), o secretário de Saúde da Bahia, Jorge Solla, visita M.F.O, no HEC, e outras duas crianças, no bairro Baraúnas e no distrito de Matinha, que participaram do programa de desospitalização do HEC e retornaram ao convívio familiar após longo período de internação.

O atendimento domiciliar dessas crianças fica por conta de uma equipe multidisciplinar formada por médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos e nutricionista da Secretaria Municipal de Saúde. Todo o suporte respiratório que os pacientes necessitam é fornecido pelo programa de oxigenoterapia, da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab).