A Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) na Região Metropolitana de Feira de Santana (RMFS) constatou que, entre os meses de julho e outubro deste ano, 60,1% das 498 mil pessoas com 14 anos ou mais de idade residentes na área estavam engajadas no mercado de trabalho.

O estudo foi realizado pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan), em parceria com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

“Pela primeira vez, a SEI foi ao interior captar a realidade do mercado de trabalho que é bastante distinta da observada na RMS [Região Metropolitana de Salvador]. Os dados se constituem importante instrumento de formulação de política pública para Feira [de Santana] e região”, avalia o diretor de Pesquisas da SEI, Armando Castro.

A pesquisa tomou por base uma amostra de 4.500 domicílios situados na área urbana dos municípios de Amélia Rodrigues, Conceição da Feira, Conceição do Jacuípe, São Gonçalo dos Campos e Tanquinho, além de Feira de Santana. Segundo o levantamento, o contingente de ocupados alcançou 252 mil pessoas enquanto o grupo de desempregados totalizou 48 mil pessoas.