Um revólver calibre 38, munições e mais de 70 pedras de crack foram apreendidos, nesta quinta-feira (27), durante operação da 6ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), no bairro Nova Itabuna, em Itabuna, sul da Bahia, para o cumprimento de um mandado de busca e apreensão, na casa do traficante Marcelo Damasceno da Silva, líder do tráfico de drogas na localidade.

Segundo o coordenador regional, delegado Evy Paternostro, Marcelo também estava com a prisão decretada e recebeu os policiais a tiros. Ferido no confronto, foi socorrido para o Hospital de Base, onde morreu. Na casa dele, na Rua Beira Rio, foram encontradas as pedras de crack, a arma, utilizada por ele para atirar nos investigadores, e a munição, parte dela deflagrada.

Marcelo foi indiciado como autor de dois homicídios ocorridos nas imediações do Bairro da Nova Itabuna, tendo como vítimas André Souza Santos, em março deste ano, e Ricardo Silva Araújo, o “Batoré”, assassinado a tiros, no domingo (23).