Em comemoração ao Dia Internacional do Meio Ambiente (5), o Parque Zoobotânico de Salvador deu continuidade a sua programação especial nesta sexta-feira (7). O dia foi marcado por palestras, passeios pelas áreas do Zoo e atividades com crianças.

Para iniciar as atividades, representantes do projeto Floresta Sustentável, criado no ano de 2010 com objetivo de conservar e restaurar as áreas remanescentes da Mata Atlântica do Rio Pojuca, no município de Mata de São João, falaram sobre as ações de educação ambiental que acontecem no Litoral Norte da Bahia. O biólogo e coordenador técnico do projeto, Álvaro Meirelles, ressaltou a importância da sustentabilidade no dia-a-dia das pessoas.

“Acreditamos que o mais importante na educação ambiental são as alternativas mais sustentáveis que é proporcionada à população, mas que não alteram o objetivo final do produto. Essa forma sustentável vem crescendo e ganhando cada vez mais apoio de empresas e órgãos do Brasil inteiro”, disse Meirelles.

Durante toda a semana, o Zoológico proporcionou aos seus visitantes diversas atividades, como passeios, exposições fotográficas, plantação de mudas e palestras que enfatizavam a educação ambiental e cuidados com animais.

Para o coordenador do Zoo, Gerson Norberto, as comemorações ao Dia Internacional do Meio Ambiente alcançaram as expectativas. "O Parque atendeu as escolas e ao público visitante, fazendo o plantio de mudas, discutindo as questões sobre o combate ao tráfico e divulgando fotos inéditas sobre a natureza. Toda essa programação só tinha como propósito valorizar, conscientizar e criar um vínculo de amor e paixão, fundamental para a consolidação do processo de preservação ambiental", pontuou o coordenador.

Neste final de semana, as pessoas que visitarem o Parque poderão conferir mais algumas programações. Entre elas está o “Zoo em Família”, projeto que disponibiliza às famílias visitantes palestras de Educação Ambiental, e a exposição fotográfica “Natureza que Aflora”.