Representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Água, Esgoto e Meio Ambiente no Estado da Bahia (Sindae-BA) foram recebidos, na tarde desta sexta-feira (28), pelo secretário estadual de Relações Institucionais, Cezar Lisboa, e pelo diretor financeiro e comercial da Empresa Baiana de Água e Saneamento S.A. (Embasa), Dilemar Matos, para negociação das pautas apresentadas pela categoria.

A revisão da tabela salarial é uma das principais demandas dos trabalhadores, segundo o secretário-geral do Sindae-BA, Pedro Romildo, principalmente para atender ao segmento de nível médio. Melhorias dos benefícios como tíquete-alimentação, gratificação de férias e auxílio-creche também estão em pauta.

De acordo com Matos, a Embasa está propondo fazer um novo estudo para verificar se a tabela salarial está convergindo com o mercado. “Se estiver defasada, a empresa assume que fará a revisão”.

No encontro, realizado na Serin, foi decidido um encaminhamento para detalhamento da pauta. “No próximo dia 3 está previsto uma rodada de negociação entre a Embasa e o Sindae, com a participação do secretário de Desenvolvimento Urbano (Sedur), Cícero Monteiro, e acompanhamento da Serin”, disse Lisboa. Também será agendada, em breve, uma reunião com a Companhia de Engenharia Ambiental da Bahia (Cerb).