Apresentar as ações do Estado num diálogo com a sociedade organizada, de forma franca, democrática e participativa. Este é o objetivo dos Diálogos Territoriais II, que acontece nesta quinta-feira (4), no município de Barreiras, a 850 quilômetros de Salvador, no Território de Identidade da Bacia do Rio Grande, no oeste baiano.

O encontro, que terá início às 8h, no Centro Territorial de Educação Profissional (no Km 04, da BR-242, no Loteamento Flamengo), contará com a presença do secretário estadual do Planejamento, José Sergio Gabrielli, além de prefeitos, vereadores e representantes da sociedade civil organizada dos 14 municípios do território.

De acordo com o secretário, este é o terceiro de 27 encontros territoriais. “Os eventos ocorrerão até julho desse ano e, a partir das discussões, será elaborado um relatório, que servirá como ponto de partida para que o Governo do Estado reoriente e ajuste suas políticas públicas, readequando-as às necessidades de cada território”, destaca Gabrielli.

Histórico

A primeira edição dos Diálogos Territoriais ocorreu em 2010, quando houve um reconhecimento, por parte da sociedade, de que o Governo da Bahia tem um compromisso com o seu projeto de participação social. Por isso, o evento retornou aos territórios de identidade para responder à sociedade sobre suas demandas.