Com o objetivo de avaliar as ações do Programa de Combate à Pobreza Rural (PCPR)/Produzir, da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), uma missão de supervisão do Banco Mundial (Bird) esteve na semana passada, na sede da empresa, com quem discutiu a nova operação do programa.

Integrada pelo gerente do Bird e especialista em Desenvolvimento Rural e Agricultura, Edward Bresnyan, pelo economista agrícola, Mario Castejón, e pelo especialista hídrico, Luis Loyola, a missão foi acompanhada pelo diretor-executivo da CAR, José Vivaldo Mendonça, pelo secretário de Desenvolvimento e Integração Regional, Wilson Brito, além de membros da equipe técnica e administrativa do órgão.

O ‘Produzir’ tem como objetivo ampliar as oportunidades sociais e econômicas para a população mais carente de municípios rurais, melhorando o acesso à infraestrutura e contribuindo para aumentar o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

De 2009 até hoje, o programa já financiou 1.027 subprojetos, tanto produtivos como de mecanização agrícola e de beneficiamento de mel, quanto de infraestrutura e saneamento, a exemplo da implantação de cisternas e sanitários individuais, com investimento total de R$ 150 milhões.

De acordo com Edward Bresnyan, a semana foi produtiva e permitiu um supervisão positiva do Produzir. Ele destacou a agilidade do programa, lembrando que responde bem ao público rural, além da capacidade de dinamizar os recursos do empréstimo. “Saímos daqui satisfeitos com o desempenho físico e financeiro da operação.”