A Polícia Civil identificou os autores de diversos homicídios ordenados de dentro do Conjunto Penal de Feira de Santana pelos presidiários Robério de Souza Silva, Marcela Rodrigues do Vale, Elenaldo Brito Santana, Márcio dos Santos Pereira Neves, e Josemir Almeida Andrade. A maioria desses crimes teve como vítimas integrantes de quadrilhas rivais e usuários de drogas em débito com os traficantes. Os criminosos liderados pelos quatro presidiários estão sendo procurados.

O delegado Ricardo Esteves Brito Costa, coordenador da 1ª Coorpin (Coordenadoria Regional de Polícia do Interior), informou que os assassinatos encomendados pelo grupo ocorreram nos bairros Vietnã, Rocinha, Conceição, Jardim Cruzeiro e Queimadinha, entre outras localidades em Feira de Santana.

Apresentados à imprensa, na quarta-feira (26), na sede da 1ª Coorpin, Robério, Marcela, Elenaldo, Márcio e Joemir serão transferidos, nos próximos dias, do sistema prisional de Feira para um presídio de segurança máxima. As investigações foram conduzidas pela 1ª Coorpin, Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) e Delegacia de Homicídios (DH), tendo os policiais apreendido cerca de 70 chips de celular nas celas ocupadas pelos cinco traficantes.

Confissão

Daniel Souza Oliveira, de 21 anos, que confessou a autoria de dois homicídios ocorridos este ano, em Feira de Santana, está custodiado no Complexo Policial Investigador Bandeira, desde o dia 21 deste mês. A prisão do criminoso aconteceu no bairro Jardim Cruzeiro. Em julho deste ano, Daniel assassinou Clodoaldo de Jesus Oliveira, na Avenida José Falcão. Três meses antes, no dia 3 de abril, ele matou Ademilson Almeida Laranjeiras, na Rua São Roque, Parque Getúlio Vargas. Daniel tem várias entradas em delegacias.