Com o aumento do fluxo de pessoas que deixam Salvador para passar o feriado do Ano-Novo em cidades do interior, outros estados e praias do Litoral Norte, a Polícia Rodoviária Estadual e a Agência de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transporte e Comunicações da Bahia (Agerba) montaram operações especiais de fiscalização e prevenção de acidentes. Até a próxima quarta-feira (2), 553 policiais rodoviários trabalham em plantão 24 horas nas estradas estaduais. Já a Agerba intensifica o combate ao transporte clandestino.

Na BA-099, principal acesso para quem sai de Salvador em direção às praias do Litoral Norte e ao estado de Sergipe utilizando a Linha Verde, o posto da 1ª Companhia do Batalhão de Polícia Rodoviária prioriza a fiscalização do cumprimento da Lei Seca. “Esta é a principal meta da operação”, afirmou o tenente Tiago Leite.

A prevenção de acidentes acontece também graças à utilização de radares para coibir o excesso de velocidade por parte dos motoristas. A estimativa da Polícia Rodoviária Estadual é que o fluxo diário, que registra 50 mil veículos, aumente em até 45%.

Na rodoviária de Salvador, o número esperado de passageiros entre o Natal e o Ano-Novo é de 320 mil pessoas. Para atender a esta demanda, foi montado um esquema especial, que conta com 1.800 horários extras. Quem seguiu a orientação da Agerba de antecipar a compra das passagens e a chegada ao terminal não teve dificuldade para embarcar.

“Viajar com a rodoviária cheia é complicado”, disse a dona de casa Almira Sena, que vai passar a virada do ano com a família na cidade de Campo Formoso, interior do estado.

De acordo com o coordenador de fiscalização da Agerba, Abd-ul-Ramid, o órgão intensifica o combate ao transporte clandestino nas BRs 324, 110 e 101. “Até esta sexta-feira, já fizemos 100 autuações a veículos realizando transporte clandestino”. A recomendação é que os passageiros evitem viajar utilizando esse tipo de transporte.