Com o objetivo de mostrar que a dança, utilizada como instrumento de arte-educação, se configura como uma ferramenta de transformação e inclusão social, a Jorge Silva Cia. de Dança finaliza o projeto Em Breve, Espaço Curto de Tempo e leva para o bairro de Fazenda Grande II, em Salvador, o espetáculo de mesmo nome.

As apresentações são gratuitas e ocorrem neste domingo (16), nos dias 21 e 22 de dezembro e 5, 6, 11 e 12 de janeiro de 2013, sempre às 19h, na quadra do Colégio Estadual Dona Leonor Calmon. A iniciativa é apoiada através do Edital Setorial de Dança 2012, promovido pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Governo do Estado da Bahia (SecultBA), com recursos do Fundo de Cultura da Bahia.

Além destas apresentações de encerramento, o projeto possibilitou que jovens e adultos da comunidade de Cajazeiras envolvidos com a dança participassem de uma qualificação profissional com o coreógrafo Jorge Silva. As atividades foram iniciadas em outubro passado e terão continuidade durante o ano de 2013, como desdobramento dos resultados alcançados até agora.

“Aqui existem mais de 50 grupos artísticos que trabalham de forma independente. Aproximar-me dessas pessoas, multiplicar um pouco da minha experiência, apontar caminhos de profissionalização e capacitá-las é muito gratificante, afinal, eu também vim do gueto”, pontua Jorge, que também conta que a coreografia Em Breve, Espaço Curto de Tempo é um trabalho de dança contemporânea, construído com base nas dificuldades diárias que os cidadãos têm para ascender e conquistar novas oportunidades de desenvolvimento social.

Para o diretor do Colégio Estadual Dona Leonor Calmon, Natan Marreiro, as oficinas de dança em Cajazeiras representam uma descentralização da formação artística. “Trabalhos como este não podem ficar só no centro da cidade, precisam adentrar todas as comunidades para fomentar o trabalho já existente nelas e alfabetizar artisticamente não só quem faz, mas também a sociedade civil que assiste”, ressalta Marreiro, que é poeta e formado em Artes Cênicas pela Ufba.