A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e as Obras Assistenciais de Irmã Dulce (Osid) firmaram um contrato para que a instituição faça a gestão do Hospital Estadual da Criança (HEC). O documento foi assinado nesta quarta-feira (1º), na unidade hospitalar, pelo secretário Jorge Solla e a superintendente das Osid, Maria Rita Pontes. O contrato tem vigência de seis meses, período em que a Sesab encaminhará o processo seletivo para contratar a nova instituição que irá gerir o HEC.

Solla agradeceu todo o empenho do Instituto Sócrates Guanaes (ISG), instituição que fez a gestão do hospital desde a sua inauguração, em agosto de 2010, e disse que este é um rito de passagem motivado pela impossibilidade de renovação automática do contrato. "Por isso, convocamos a Osid para dar continuidade ao excelente trabalho prestado pelo ISG. Só estamos mudando de parceiros. Sai um excelente parceiro e entra outro, as Obras Assistenciais de Irmã Dulce".

O secretário destacou também que o valor do contrato celebrado é rigorosamente o mesmo do contrato existente entre a Sesab e o ISG. Ele colocou o contrato à disposição de todos para verificar que contempla o mesmo valor. O documento está publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta. Do ato de assinatura participaram a superintendente de Atenção Integral à Saúde, Gisélia Santana, o presidente do conselho curador da Osid, Ângelo Calmon de Sá, e o presidente do ISG, André Guanaes.

Unidade

Em 23 meses de atividades, o HEC já realizou 303.906 atendimentos, suprindo a demanda não somente de Feira de Santana e região, mas de diversas cidades do interior do estado. A unidade foi a primeira da região a prestar atendimento, incorporando Acolhimento com Classificação de Risco, isto é, por meio de um sistema de triagem hospitalar que classifica o paciente conforme a prioridade, com relação ao seu risco de saúde. Ao chegar à emergência do HEC, o paciente é submetido a uma triagem, que define os casos mais graves e prioriza o atendimento. Além de reduzir o tempo de espera, este sistema faz o paciente grave ser atendido imediatamente, sem filas.

O HEC oferece uma assistência de qualidade aos usuários, disponibilizando os serviços de Atendimento de Urgência e Emergência, Cirurgia, Atendimento Ambulatorial e Unidade de Apoio ao Diagnóstico e Terapia. O ambulatório hoje conta com mais de 15 especialistas, como neuropediatras, ortopedistas, cirurgiões, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, que juntos já realizaram 20.278 consultas.

Desde sua fundação, o HEC já realizou 66.344 atendimentos de urgência e emergência e realizou 4.729 cirurgias. Atualmente o hospital tem absorvido a demanda de Feira de Santana e Região, o que tem refletido na diminuição do número de atendimentos pediátricos em hospitais da rede de Salvador.

Comprometido com a formação dos profissionais, o HEC é referência também em Ensino e Pesquisa e possui cinco programas de residência médica e multiprofissional (Pediatria, Neonatologia, Nutrição Clínica Pediátrica, Enfermagem Pediátrica e Fisioterapia). Apesar do pouco tempo de vida, o HEC já estabeleceu importantes convênios e parcerias com dez universidades públicas e privadas do Estado, que utilizam o hospital como campo de estágio e contribuem com a realização de cursos, promovidos regularmente para a equipe da unidade.