Em busca da realização de uma Copa do Mundo com segurança, foi instalada nesta sexta-feira (10), no auditório da Agência de Fomento do Estado da Bahia, (Desenbahia), a Comissão Estadual de Segurança Pública e Defesa Civil para Grandes Eventos, que começa a executar as ações, em conjunto com os governos federal, estadual e municipal, já neste semestre.

Autoridades políticas e do setor de segurança compareceram ao evento e dividiram a mesa com o presidente do comitê e também representante da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos (Sesge), Orlando Azevedo, do secretário estadual para Assuntos da Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014 (Secopa), Ney Campello, e o subsecretário de Segurança Pública do Estado da Bahia, Ary Oliveira.

A iniciativa, segundo Campelo, já é um resultado de união do Estado brasileiro, em busca da ampliação de uma Matriz de Responsabilidades. Orlando Azevedo vê como um “caminho certo para o evento com excelência e colher os resultados positivos para os baianos. Deixaremos profissionais capacitados e equipamentos tecnológicos avançados para nossa população”.

O subsecretário Ary Oliveira ressaltou que a instalação da comissão é a prova do fortalecimento do setor. "Esse é um esforço feito pelo setor de segurança para garantir a tranquilidade dos baianos e dos visitantes".

Projetos

O delegado geral da Polícia Civil, Hélio Jorge Paixão, afirmou que as polícias Militar e Civil começaram o exercício preparatório para a capital baiana, região metropolitana e interior do estado. De acordo com o comandante da PM, coronel Alfredo Castro, os projetos de qualificação já estão em execução – o Batalhão Especial para Eventos (Bepe), que tem uma equipe específica para jogos especiais como campeonatos brasileiro e baiano, e o Batalhão de Turismo, que já formou duas turmas e conta com cerca de 120 policiais preparados para atuar nos principais pontos turísticos da cidade. Segundo ele, do Corpo de Bombeiros também está em fase de estruturação.