O secretário estadual da Casa Civil, Rui Costa, assinou, na manhã desta terça-feira (3), a ordem de serviço para a construção da passarela no quilômetro 4,5 da Estrada do Coco, em Lauro de Freitas (BA-099). A obra faz parte de um conjunto de ações que o Governo do Estado está tomando para estruturar a mobilidade urbana na região metropolitana de Salvador, a exemplo do metrô da capital baiana.

Com um investimento de R$ 2 milhões, a passarela terá elevadores, garantindo a acessibilidade dos pedestres portadores de necessidades especiais. A obra será entregue à população no prazo máximo de seis meses.

“Além dessa passarela, temos recursos segurados, junto ao governo federal, com contrapartida do Estado, para a implantação de uma segunda aqui mesmo em Lauro de Freitas. Temos técnicos do Estado e da prefeitura trabalhando em parceria para finalizar o projeto. A segunda ordem de serviço deve ser assinada ainda neste mês”, disse o secretário.

A Companhia de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Conder) executará a implantação das duas passarelas. “Estamos prontos para fazer a primeira e estamos estudando a implantação da segunda", pontuou o presidente do órgão, Milton Villas-Bôas. Para a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho, a obra diminuirá os engarrafamentos no município, facilitará o acesso dos pedestres ao Hospital Menandro de Farias e dos veículos ao Litoral Norte.

Depoimentos

Quem passa todos os dias na Estrada do Coco já espera ver o empreendimento pronto. É o que relata o líder comunitário Domingos Santos. “Moro aqui há 40 anos e sempre testemunhei acidentes nesse local, que é bastante movimentado. Agora, com a passarela, a travessia ficará mais tranquila”, observou.

“Todos os dias pego um fluxo pesado nesse trecho. Quando retirarem as sinaleiras, o transito ficará livre. Essa é uma necessidade da população”, comentou o morador do município Marcelo Lima.