O Governo do Estado e o Banco do Brasil vão realizar um mutirão no próximo mês de maio em Bom Jesus da Lapa (7 a 11), Vitória da Conquista (14 a 18) e Casa Nova (21 a 24) para viabilizar as renegociações de dívidas dos agricultores rurais prejudicados pela seca que adquiriram crédito através do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf).

A medida visa garantir o cumprimento da resolução nº 4.066, de 12 de abril de 2012, que estipula um novo prazo, sem multa, para o pagamento das dívidas vencidas ou que vão vencer este ano, já que os agricultores não terão condições de quitá-las, devido à perda da safra durante a seca. A decisão foi anunciada na sexta-feira (20), durante reunião na Casa Civil do Estado, com a participação do presidente da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), Elionaldo de Faro Teles, e do gerente regional de Agricultura Familiar do Banco do Brasil, Armando Soares.

O acordo foi firmado por meio do Conselho Monetário Nacional (CMN), que autorizou as instituições financeiras a renegociar as operações de crédito rural contratadas através do Pronaf. O resultado foi divulgado no último dia 16, com a publicação da resolução nº 4.066 no Diário Oficial da União. As parcelas com vencimento entre 1º de fevereiro deste ano e 1º de janeiro de 2013 podem ser prorrogadas para até o dia 2 de janeiro de 2013.