A TVE exibe nesta quarta-feira (28), às 20h, o programa Doc Carinhanha, produção inédita que resgata as tradições culturais do município de Carinhanha – a 900 quilômetros de Salvador, no sudoeste baiano – e a presença do escritor mineiro Guimarães Rosa (1908-1967) na região.

A forte identificação da cidade com o célebre romance Grande Sertão: Veredas levou a população a reivindicar uma homenagem ao escritor, imortalizado na Academia Brasileira de Letras em 1963, batizando com seu nome a ponte baiana construída sobre o Rio São Francisco, ligando os municípios de Carinhanha e Malhada, na BR-030.

As belas paragens que margeiam o Rio Carinhanha foram palco de longas andanças do escritor pelo cerrado mineiro e parte do sertão baiano, no início da década de 50. Ele passeava com um caderninho pendurado no pescoço como amuleto, no qual copiava suas impressões e os causos e histórias relatados por boiadeiros e ribeirinhos com os quais interagia no caminho.

A exuberante natureza inspirou seus escritos, tanto que em Grande Sertão: Veredas, clássico da literatura brasileira protagonizado por Riobaldo e Diadorim, há várias referências ao Rio Carinhanha, na fronteira da Bahia com Minas Gerais. Inaugurada no dia 28 de março de 2010, após 17 anos de construção, a ponte passou a se chamar oficialmente Guimarães Rosa em janeiro deste ano. Além da relação com Guimarães Rosa, Doc Carinhanha mostra outros aspectos da região.