A Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon) do Hospital Geral de Vitória da Conquista foi inaugurada, na manhã desta sexta-feira (29), pelo secretário da Saúde, Jorge Solla. Com atendimento ambulatorial e serviços de quimioterapia, radioterapia e diagnóstico por imagem, o HGVC passa a realizar também cirurgias oncológicas.

Antes da inauguração, o secretário realizou uma apresentação para médicos, jornalistas e representantes dos poderes públicos locais, no espaço Casa dos Médicos, sobre os investimentos previstos para o futuro próximo e também os realizados na área de saúde feitos em Conquista e sua microrregião durante o período de 2007 a 2010.

A Unacon beneficia a população da macrorregião de região de Vitória da Conquista, que compreende aproximadamente 1,7 milhão de pessoas, distribuídas em 73 municípios. Segundo o diretor-geral do Hospital Geral de Base, Gerardo Azevedo, os primeiros pacientes já estão sendo atendidos e a população não precisa mais se deslocar até Salvador para ter acesso a procedimentos de alta complexidade na área de oncologia. “Tínhamos aqui atendimentos isolados e agora todo o serviço de alta complexidade está concentrada na Unacon”.

Ao apresentar os próximos investimentos para a região, Solla disse que estão previstos, entre os projetos, a reforma e melhorias na infraestrutura, com ampliação do número de leitos cirúrgicos do Hospitalo Regional de Vitória da Conquista, reforma e adequação física do Hospital Afrânio Peixoto, com implantação de atenção a dependentes químicos, e a construção de Unidade de Pronto Atendimento nas proximidades do HGVC.

Investimentos

Segundo Solla, os investimentos do Governo do Estado em saúde entre os anos de 2007 e 2010 alcançam a marca dos R$ 100 milhões. O montante foi aplicado na aquisição de equipamentos hospitalares, medicamentos, ambulâncias e veículos. Também foi beneficiado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e a Estratégia de Saúde da Família.

Para a implantação da cirurgia pediátrica e urológica no hospital foram gastos R$ 4,9 milhões em equipamentos, incluindo arco e microscópio cirúrgicos e um tomógrafo. A população da região também conta agora com mais 46 médicos concursados, reforçando a equipe do HGVC.

“Fizemos um grande investimento para a expansão da Atenção Básica no estado, e na região sudoeste não foi diferente”, disse Jorge Solla. A cobertura da Estratégia da Saúde da Família (ESF) foi ampliada com 36 Unidades de Saúde da Família, tendo sido 29 construídas e sete reformadas. Além disso, 1.542 Agentes Comunitários de Saúde tiveram sua situação funcional regularizada.

Outros investimentos destacados por Jorge Solla são a implantação do Programa de Internação Domiciliar, em funcionamento com duas equipes, que já atendeu 289 pacientes, e a realização do programa Saúde em Movimento, que realizou 2.953 consultas oftalmológicas, e 1.509 procedimentos cirúrgicos de Catarata e Pterígio.