O prédio da Faculdade de Medicina da Bahia, no Terreiro de Jesus, Centro Histórico de Salvador, que abriga o mais antigo curso de nível superior de Medicina do Brasil, sediará, de 24 a 26 deste mês, o Seminário Internacional Restauro de Bens Móveis Integrados na Bahia. O encontro promoverá, ainda, o Fórum de Políticas Culturais em Conservação e Restauro de Bens Móveis Integrados com a temática ‘Carências históricas, importância estratégica’.

Promovidos pelo governo da Bahia, através do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac) e Secretaria de Cultura (SecultBA), em parceria com a Escola de Belas Artes (EBA) da Universidade Federal da Bahia (Ufba), os dois eventos terão vagas limitadas em 150 lugares devido à capacidade no antigo anfiteatro da faculdade.

O seminário terá participação de representantes do Museu Rodin Paris, da Itália, além de especialistas de Minas Gerais, Pernambuco e Rio de Janeiro, entre outros estados brasileiros. Da Bahia, participam professores e técnicos da Faculdade de Arquitetura e da EBA/Ufba. Estarão presentes também representantes do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), órgão do Ministério da Cultura; e da Associação Brasileira de Conservadores-Restauradores de Bens Culturais (Abracor).

Podem participar dos dois eventos restauradores, estudantes, professores, pesquisadores, gestores públicos e privados, especialmente de belas artes, arquitetura, química, biologia, história e museologia, campos que obrigatoriamente atuam na restauração de bens móveis integrados ou qualquer outro interessado no tema em questão.

Os eventos começam às 9h e terminam às 19h. Para inscrições deve-se enviar mensagem para o endereço eletrônico seminario.ipac@gmail.com. Mais informações pelos telefones (71) 3117-6491 e 3117-6492, durante horário comercial, de segunda a sexta-feira.