Duzentos profissionais que atuam na área de microcrédito no estado participam do 7º Encontro de Agentes de Crédito do CrediBahia, que acontece nesta quinta e na sexta-feira (18 e 19), no Hotel Sol Bahia, no bairro de Patamares, em Salvador.

Durante o encontro serão debatidas as relações entre as políticas sociais e o microcrédito como programa de inclusão produtiva. Também será feito um balanço do CrediBahia nos quatro anos do atual governo e apresentada a importância do estabelecimento de metas para 2011.

Promovido pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), em parceria com a Desenbahia, Sebrae e prefeituras, o encontro servirá para nivelar as informações entre os participantes. Como forma de proporcionar uma maior motivação, serão premiados os melhores postos de atendimento e os seus respectivos agentes.

O CrediBahia financia investimentos fixos para aquisição de equipamentos novos ou usados, conserto de máquinas, reforma ou ampliação de instalações físicas, capital de giro para compra de mercadorias e matérias-primas e investimentos mistos com capital de giro associado ao investimento fixo. O empréstimo pode variar entre R$ 200 e R$ 10 mil.

As principais vantagens do programa são os juros baixos – de 1,8%, podendo chegar a 1,5%, se o empréstimo for pago sem atraso –, com renovação rápida. O cliente tem ainda a possibilidade de aumentar o valor, de acordo com as suas necessidades e conforme a capacidade de pagamento do empreendimento.

Atualmente, o CrediBahia dispõe de 180 postos em 179 municípios. Desde a sua criação, em 2002, até agosto deste ano, já foram liberados 66 mil contratos. O valor total financiado atinge R$ 92 milhões.

Participam do encontro coordenadores, gerentes e técnicos das instituições parceiras do CrediBahia, e integrantes dos quadros de servidores das prefeituras.