O Cidadania Digital, programa de inclusão sociodigital da Bahia, recebeu em São Paulo o prêmio A Rede 2010, na categoria Capacitação da modalidade Setor Público. A cerimônia de entrega aconteceu na noite de segunda-feira (8), no Instituto Itaú Cultural, organizada pela Momento Editorial, que publica a revista A Rede.

Esta é a quarta edição do prêmio, instituído em 2007 para reconhecer e divulgar as melhores iniciativas de uso das tecnologias de informação e comunicação (TICs) para inclusão social. Mais de 200 projetos da esfera pública, de entidades da sociedade civil e de empresas privadas se inscreveram no prêmio este ano.

A iniciativa baiana escolhida pela premiação nacional engloba uma estrutura de centros digitais de cidadania (CDCs) presentes em todos os municípios do estado, permitindo acesso gratuito às ferramentas da informática.

O programa utiliza softwares livres, o que reduz os custos das unidades. A capacitação de gestores e monitores também é destaque, com acompanhamento dos usuários que frequentam as unidades. O programa foi representado na cerimônia pelo secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Feliciano Tavares Monteiro.