Com o objetivo de convocar o poder público e a sociedade civil para participação conjunta e efetiva em prol da prevenção e controle da dengue, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), em parceria com a Fundação Luís Eduardo Magalhães (Flem), promove nesta quarta-feira (28), às 14h, na sede da Flem, no Centro Administrativo (CAB), o Seminário de Sensibilização para Mobilização Social na Prevenção e Controle da Dengue no Estado da Bahia.

De acordo com Alcina Andrade, diretora de Vigilância Epidemiológica (Divep) da Sesab, durante o evento, será apresentado um projeto de mobilização social para dez municípios selecionados que, no primeiro semestre de 2010, registraram um alto índice de infestação do mosquito e transmissão da doença na sua forma mais grave.

Os municípios de Barreiras, Feira de Santana, Ilhéus, Irecê, Itabuna, Jequié, Juazeiro, Porto Seguro, Teixeira de Freitas e Salvador serão convidados a aderir a proposta da Mobilização Social, nesta primeira etapa. “A Sesab está convocando as lideranças municipais para participar deste encontro e unir forças para combater a dengue na Bahia”, confirma a diretora da Divep.

Redução de 68%

Este ano, até a 26ª semana epidemiológica (03/07), foram notificados 36.267 casos de dengue no estado, correspondendo a uma redução de 68,3% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando foram notificados 114.350 casos. Até o momento, 360 municípios notificaram casos da doença. Já foram confirmados 248 casos do tipo mais grave da doença, com 18 óbitos.

A Sesab, em parceria com os municípios, vem realizando diversas ações para evitar a proliferação do mosquito da dengue. Entre as ações destacam-se: a aplicação de inseticida UVB (Ultra Baixo Volume) em 95 municípios, para contribuir com a interrupção da transmissão; deslocamento do Grupo de Trabalho (GT) para algumas regiões, com a finalidade de contribuir com a reorganização das ações de controle da dengue e a realização de videoconferências sobre diagnóstico, manejo clínico e organização da assistência ao paciente com dengue.