O contrato para administração do Hospital Regional de Juazeiro (HRJ) pelo Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), que faz a gestão da unidade desde a sua inauguração, foi prorrogado por mais um ano. O hospital, que pertence a rede de unidades da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), está prestes a completar um ano de sua inauguração, no dia 15 deste mês, e tem proporcionado um serviço de qualidade à população da região norte do estado.

Nesse período, a unidade se firmou como importante centro de atendimento para as pessoas que necessitam de cirurgias. Cumprindo o cronograma de implantação de serviços, o centro cirúrgico começou a funcionar no dia 4 de setembro de 2009 e até agora já foram realizadas aproximadamente três mil cirurgias urológicas, proctológicas, pediátricas, vasculares, plásticas, de mastologia e gerais.

A procura por especialidades oferecidas no ambulatório do HRJ tem crescido a cada mês. Desde o início do seu funcionamento, em julho de 2009, até a primeira quinzena do mês de junho, já foram realizados cerca de 60 mil atendimentos, consultas e acompanhamentos.

No primeiro mês de funcionamento eram oferecidos apenas os serviços ambulatoriais de pneumologia, oncologia, cardiologia, infectologia e gastroenterologia. Com essas, hoje são, no total, 20 especialidades – urologia, endocrinologia, angiologia, neurologia, ginecologia, mastologia, pediatria, otorrinolaringologia, proctologia, nefrologia, ortopedia, além dos atendimentos para cirurgia geral, pediátrica e plástica. Também foi implantado no setor o serviço de psicologia para o atendimento a pacientes que necessitam de apoio especializado.

O balanço realizado até o dia 15 de junho, quando completou 11 meses, mostra ainda que nesse período foram registradas aproximadamente nove mil internações. Na urgência/emergência são atendidos, em média, 150 usuários diariamente. No laboratório de análises clínicas foram realizados, desde a abertura, mais de 100 mil exames. Na unidade também são disponibilizadas radiografias, tomografias e ultrassonografias.

Serviços e estrutura
Com a missão de garantir à população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS), no Vale do Médio São Francisco, assistência especializada clínica, cirúrgica e de emergência, de forma inovadora, sustentável, humanizada, com qualidade e eficiência, integrada ao ensino e à pesquisa, o Imip já conseguiu avanços importantes na gestão do HRJ.

A unidade hospitalar conta 134 leitos, sendo 20 leitos de UTI/UCI, 58 de clínica médica, 35 para cirurgia geral, quatro para queimados e 17 para cirurgia pediátrica. O HRJ é referência no atendimento a queimados e a usuários com doenças infectocontagiosas. No hospital ainda existe uma equipe de Internação Domiciliar (ID), programa estadual para acompanhamento dos usuários em casa.

O voluntariado do Imip acompanha usuários e acompanhantes, desenvolvendo um trabalho que visa diminuir o sofrimento dos pacientes internados, conversando, ouvindo e compartilhando histórias e ajudando a enfrentar os medos.
Os cerca de 500 funcionários da unidade hospitalar participam de encontros rotineiros voltados às práticas profissionais corretas, integração e humanização. O HRJ ainda conta com uma Ouvidoria e Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) para buscar soluções a possíveis queixas e dúvidas de usuários e acompanhantes.

Oncologia 
O hospital oferece o atendimento ambulatorial de oncologia, para a realização de diagnóstico. A quimioterapia e radioterapia ainda não são oferecidas. Esta será uma nova etapa da expansão de serviços do hospital. O prédio anexo onde irá funcionar o centro oncológico está passando por adequações e para que o serviço seja implantado em breve.

Ensino e pesquisa
Em menos de um ano, o hospital iniciou o Programa de Residência Médica em virtude da credibilidade e tradição do Imip na área de ensino e pesquisa. Três vagas foram aprovadas para a residência na unidade hospitalar, uma em cirurgia geral e duas em clínica médica.

Além da residência médica, no mês de fevereiro teve início o internato de estudantes de Medicina da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf). A unidade também recebe os internos do curso de Fisioterapia da Universidade do Estado de Pernambuco (UPE).