LOCAL: Largo da Lapinha, Praça Thomé de Souza, Comércio e Campo Grande.
DATA: 02.07.10 (sexta-feira)
HORÁRIO: a parir das 6h

O QUE É: comemorações pelos 187 anos da Independência da Bahia.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS:

COMEMORAÇÕES: tiveram início nesta quinta-feira, no bairro de Pirajá, com a chegada do fogo simbólico, por volta das 15h, e acendimento da pira. Antes de chegar a Salvador, a chama passou pelas cidades de Cachoeira, Saubara, Santo Amaro, São Francisco do Conde, Candeias, Simões Filho, Valéria, conduzida por soldados do Exército e atletas baianos.

PROGRAMAÇÃO MATUTINA: começa com a alvorada de fogos no Largo da Lapinha, às 6h, e segue com o hasteamento das bandeiras do Brasil, pelo governador Jaques Wagner, da Bahia, pelo presidente da Assembléia Legislativa da Bahia, Marcelo Nilo, de Salvador, pelo prefeito da cidade, João Henrique Carneiro, e do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHBA), pela presidente Consuelo Ponde de Sena. Após a execução do hino Nacional pela banda da Marinha e a colocação de flores no monumento ao general Labatut, os carros dos Caboclos serão entregues pela presidente do IGHBA ao prefeito. O desfile será iniciado às 8h, após a execução do hino ao 2 de Julho. Durante o cortejo acontecem as homenagens aos heróis da Independência, em frente ao Convento da Soledade, o pronunciamento de um membro da Ordem Terceira do Carmo, em frente à sede da instituição religiosa, e a homenagem da Irmandade Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, em frente à igreja. As atividades matutinas terminarão às 10h30, com o recolhimento dos carros emblemáticos dos caboclos nos caramanchões da Praça Thomé de Souza.

PROGRAMAÇÃO VESPERTINA: as atividades serão retomadas às 14h, com a reorganização do cortejo. Às 15h, acontece a homenagem da Câmara Municipal aos heróis da Independência. Já às 15h30 sai o cortejo, que segue para o Forte de São Pedro, onde ocorre uma homenagem do Exército àqueles que lutaram pela libertação. Com a chegada do desfile ao Campo Grande, haverá novamente o hasteamento das bandeiras do Brasil, da Bahia e de Salvador. Em seguida, será executado o hino Nacional pelas bandas da Marinha, Exército, Aeronáutica e Polícia Militar (PM); depositadas flores no monumento ao 2 de Julho e executado o hino ao 2 de Julho. O acendimento da pira e a execução do hino Nacional encerram a programação oficial.

FANFARRA: 900 alunos de escolas estaduais, distribuídos em 13 fanfarras, ecoarão os acordes dos instrumentos percussivos e de sopro durante o festejo cívico. A fanfarra do Colégio Estadual Raphael Serravale levará para as ruas as cores da África do Sul e um repertório com músicas que remetem à Copa do Mundo. Além das bandas de fanfarra, após o encerramento das solenidades do 2 Julho será realizado na praça do Campo Grande o XIX Encontro de Filarmônicas, com regência do maestro Fred Dantas.