Produtores familiares de Malhada participam na próxima sexta-feira (16) de um dia de campo do algodão. O evento, promovido pela Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab), integra as ações do Projeto Fitossanitário da Cultura, cujo objetivo é revitalizar a cotonicultura no sudoeste da Bahia, oferecendo apoio à agricultura familiar.

Durante o dia de campo, a Adab faz o lançamento da segunda etapa do Projeto Sudoeste – Algodão Sustentável, com a entrega de dois veículos para as atividades de campo dos órgãos envolvidos na iniciativa.

A Bahia é o segundo produtor nacional de algodão, com 901.668 toneladas na safra 2008/2009. Desse total, mais de 38 toneladas foram produzidas na região de Guanambi, no mesmo período. Para a próxima safra, as estimativas da Adab apontam para uma produção estadual acima de um milhão de toneladas.

A expectativa da agência é reunir cerca de mil produtores no distrito de Canabrava. Os participantes receberão informações sobre a cotonicultura regional, as vantagens do uso do algodão adensado, controle de pragas e procedimento para descarte de embalagens de agrotóxicos.

Para a realização desse evento, a Adab conta com a colaboração de diversos parceiros, como a Associação de Produtores de Leite e Algodão de Malhada, Fundeagro, Abapa e Fundação BA.