Depois de ampliar o efetivo da Polícia Militar (PM) em mais de três mil novos homens, o Governo da Bahia segue com ações na área da segurança pública. Na tarde desta terça-feira (22) cinco carros elétricos foram entregues ao 18º Batalhão da Polícia Militar (PM), que já estão reforçando o policiamento no Centro Histórico da capital baiana e o patrulhamento durante os festejos do São João.

“Trata-se do Plano Estadual de Segurança Pública da Bahia agora voltado ao Centro Histórico de Salvador, buscando incrementar a atuação policial, principalmente, no Pelourinho e adjacências”, afirmou o secretário de Segurança Pública, César Nunes.

Quatro carros são utilizados em Salvador, e um na Praia do Forte. Os veículos alcançam até 20 quilômetros por hora, com capacidade para transportar quatro PMs cada um – comandante, motorista e dois patrulheiros. Este tipo de veículo não emite poluentes, não contribui para a poluição sonora, e funciona por meio de bateria, com autonomia de oito a dez horas.

Os carros são adequados ao uso em logradouros públicos, onde a circulação de pessoas é a prioridade. “Os veículos vieram para somar às atividades de policiamento ostensivo, contribuindo bastante para dar assistência à população e aos turistas que visitam a região”, disse o comandante-geral da PM, coronel Nilton Mascarenhas.

A ação reflete a preocupação do Governo do Estado em ampliar a segurança em todo o Centro Histórico e tem agradado a população local, a exemplo de Clarindo Silva, um dos comerciantes mais tradicionais do Pelourinho.

“Vejo com bons olhos esta iniciativa. O Pelourinho é a região mais policiada da Bahia e vai continuar sendo. Além desses carros, temos aqui polícia 24h, um batalhão inteiro para segurança, delegacia de proteção ao turista, posto policial e 14 câmeras que monitoram a área”, destacou o comerciante.

Outras ações

As iniciativas do Estado em prol da segurança pública tiveram como foco, nos últimos três anos, a modernização e o fortalecimento da infraestrutura da PM, a reestruturação das carreiras e a capacitação dos profissionais, melhorias salariais significativas, ampliação e recomposição do efetivo.

Os recursos aplicados no setor aumentaram em 20%, entre 2007 e 2009, passando de R$ 1,6 bilhão para R$ 1,9 bilhão. Para aumentar o efetivo da Polícia Militar, foram incorporados 3.325 novos soldados, que já atuam nas ruas no policiamento ostensivo, e outros 2.121 estão no Curso de Formação de Soldado da PM.

Publicada às 15h15
Atualizada às 17h20