LOCAL: município de Mutuípe, no território de identidade Vale do Jiquiriça, a 235 quilômetros de Salvador.
DATA: 03.06.10 (quinta-feira)
HORÁRIO: 9h30

 O QUE É: entrega de 130 habitações e inauguração e inauguração da pavimentação e drenagem da Avenida José Lomanto. Na oportunidade será autorizada a celebração de convênios para a execução de obras de urbanização e a assinatura de ordem de serviço para cobertura da feira livre, além de anunciada a ampliação do sistema integrado de abastecimento de água.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS:

HABITAÇÕES: estão espalhadas por diferentes localidades da zona rural e contaram com investimento de R$ 1,1 milhão, sendo R$ 325 mil do Estado e o restante do governo federal.

AVENIDA JOSÉ LOMANTO: as obras custaram R$ 1,5 milhão. A avenida faz a ligação entre a ponte Lourival Ramos e a BA-420.

CONVÊNIOS: serão firmados entre o Governo do Estado e a prefeitura para execução de obras de pavimentação na Rua da Jaqueira e construção de três praças. Os documentos totalizam investimentos da ordem de R$ 666,3 mil.

ABASTECIMENTO DE ÁGUA: a sede do município é atendida pelo sistema integrado de Jiquiriçá/Mutuípe, que funciona no seu limite. A licitação para as obras de ampliação deverá ser laçada ainda este mês. O sistema possui captação flutuante na barragem do Rio Boqueirão, estação elevatória de água bruta, estação de tratamento de água, estação elevatória de água tratada, adutora de água tratada, reservação e rede de distribuição. Para aumentar a capacidade do sistema serão realizados os serviços de ampliação da estação de tratamento, substituição de 12.830 metros da adutora de água tratada, construção de dois reservatórios, além de intervenções na rede de distribuição. O projeto está orçado em R$ 1,3 milhão e beneficiará 11,7 mil pessoas.

COBERTURA DA FEIRA: está orçada em R$ 1,1 milhão.

MUTUÍPE: com extensão territorial de 273 quilômetros quadrados, sua população está estimada em 22.066 habitantes. A cidade foi emancipada em 1926 e a prefeitura é comandada atualmente por Antonio Felipe Neto. O município tem como atividade econômica a agricultura (cacau, banana, guaraná, coco) e pecuária, com criação expressiva de muares.