Cumprindo o previsto na Lei 10.695/07, aprovada pela Assembleia Legislativa da Bahia e sancionada pelo governador Jaques Wagner, nesta sexta-feira (25), a cidade de Cachoeira, a 111 quilômetros de Salvador, no Recôncavo, será sede do governo estadual pelo terceiro ano consecutivo.

A lei determina que todos os anos, no dia 25 de junho, a sede do governo seja instalada no município. O governador e seu secretariado participam das comemorações pela Independência da Bahia, além de assinar atos e despachos da administração estadual.

A programação do governador começa às 8h, com o hasteamento das bandeiras na Praça da Aclamação. Às 9h, acontece a solenidade religiosa do Te Deum na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário. Às 10h, ele vai à cidade de São Félix, onde entrega as obras de requalificação da orla do Rio Paraguaçu. De volta a Cachoeira, às 15h, haverá sessão solene na Câmara Municipal e, às 16h, o desfile cívico de encerramento.

O 25 de Junho é a data magna da cidade de Cachoeira, porque, em 1822, os cachoeiranos deram início às lutas pela Independência da Bahia, que culminaram com o 2 de Julho. Em 2008, a cidade abrigou pela primeira vez a sede do governo.