Quatro jovens moradores do bairro Sussuarana, em Salvador, participam da I Mostra Nacional do Programa Saúde da Escola e IV Mostra de Saúde e Prevenção na Escola, em Brasília. No evento, que começou no domingo (13) e segue até esta terça-feira (15), serão discutidas ações de promoção à saúde nas unidades de ensino do Brasil . As inscrições para participar do encontro no Distrito Federal ainda podem ser feitas na internet.

Os escolhidos fazem parte do projeto “Promovendo os Direitos de Jovens: Cultura e Saúde Sexual e Reprodutiva em Salvador”, do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA). Atualmente, os cerca de 40 jovens envolvidos nas ações educativas discutem e aprendem assuntos relacionados aos direitos humanos, relações de gênero, sexualidade, direitos sexuais e reprodutivos, participação social, relações raciais e enfrentamento ao racismo, entre outros.

“Estou com uma expectativa muito grande de aprender e trazer conhecimento para o grupo. Além de repassar para outras pessoas a nossa cultura e quem somos, representar nosso estado, cidade e bairro. Mostraremos que nós, a Juventude, podemos tornar o mundo um tanto diferente”, disse Enderson Araújo, 18 anos, que assim como as jovens, Eliege Souza, Fabiane Farias e Marla Soares estão ansiosos para participar da Mostra de Saúde nas Escolas na capital do país.

“Vai ser uma coisa nova. Adquirir informações sobre temas importantes e dividir isso vai ser muito bom. Até para que  todos possam depois repassar o que aprenderam. Essa troca de conteúdo entre os que ficaram em Salvador e os que foram à Brasília será maravilhosa”, destacou Eduardo Tavares, da equipe de projeto que acompanhará o quarteto durante a viagem.

Para Fabiane Farias, de 24 anos, o mais importante em participar do evento é o aprendizado. “Quero lutar pelos meus direitos e de outras pessoas. Mas, para isso, tenho que obter conhecimento para trabalhar em cima disso. Aproveitando ao máximo tudo, para poder compartilhar o que eu vi e aprendi”, concluiu.

O UNFPA
O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) é uma agência de cooperação internacional para o desenvolvimento que promove o direito de cada mulher, homem, jovem e criança a viver uma vida saudável, com igualdade de oportunidades para todos. Apoia os países na utilização de dados sociodemográficos para a formulação de políticas e programas de redução da pobreza e contribui para assegurar que todas as gestações sejam desejadas, todos os partos sejam seguros, todos os jovens fiquem livres do HIV e da aids e que todas as meninas e mulheres sejam tratadas com dignidade e respeito.

Parceiros
O projeto conta com o apoio do Instituto Mídia Étnica, CMA Hip Hop, Ceafro, Juventude Negra pela Paz, Associações Comunitárias de Sussuarana e as Juventudes Negras dos Terreiros. Além das Secretarias estaduais de Promoção da Igualdade, Educação, Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Instituto de Gestão de Águas e Clima, Segurança Pública e a Assessoria de Relações Internacionais do Estado.