Um núcleo da Procuradoria Geral do Estado começou a funcionar, nesta segunda-feira (15), na sede da Secretaria da Segurança Pública, com objetivo agilizar processos licitatórios, criação de convênios entre outras ações que demandem a participação de agentes da PGE.

"O espaço nos proporciona uma estrutura adequada nessa nova experiência, com a efetivação de núcleos da PGE nos órgãos do estado. A SSP será a segunda secretaria a receber a presença efetiva de procuradores que trabalharão diariamente, agilizando a entrada e saída de processos", explicou o procurador geral Rui Moraes. 

Ele acrescentou ainda que 90% dos procedimentos serão resolvidos no próprio núcleo, sem ser necessária a tramitação de documentos entre a SSP e a sede da PGE. Sete procuradores vão trabalhar no núcleo, resolvendo questões ligadas exclusivamente à SSP. 

“A integração entre os órgãos do governo beneficia, acima de tudo, a população, já que acelera algumas ações governamentais que, por vezes, são prejudicadas em conseqüência da demora nas tramitações", declarou o secretário César Nunes.