O campus da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), no bairro do Solobrinho (Ilhéus-Bahia) está passando por nova ampliação para atender às demandas nas áreas de ensino, pesquisa e extensão, além do setor administrativo.

Mais de duas dezenas de obras estão em execução, desde 2009, algumas na expectativa de conclusão este ano. Parte dessas obras está sob a responsabilidade da Superintendência de Construções Administrativas do Estado da Bahia (Sucab), e outras subordinadas à prefeitura do campus.

Obras com recursos do Estado, do orçamento da Uesc, Ministério da Educação, por meio da Secretaria de Educação Superior (Sesu), da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) e de convênios com outras organizações. Em 2009, somente nas obras a cargo da Sucab foram aplicados aproximadamente R$ 5,5 milhões, em edificações como o Instituto de Pesquisa e Análises Físico-Químicas (Ipaf), pavilhões de aula de Educação Física, Medicina Veterinária e para diversos cursos de graduação, cobertura da quadra poliesportiva, pavilhão dos cursos de pós-graduação e módulos para professores.

Em 2009 aconteceu a transferência da Imprensa Universitária e do Almoxarifado Geral para as novas instalações no bairro Manoel Leão, na cidade de Itabuna. Isso permitiu à universidade implantar um moderno parque gráfico à altura de suas necessidades em termos de qualidade e racionalidade na produção de material impresso. A relocação gráfica gerou espaço para a construção de salas destinadas a atender a outros setores.

A construção de um muro com tela, em torno da área frontal do campus, está substituindo a antiga cerca de arame. A iniciativa não só aumenta a segurança interna do complexo universitário como já proporciona melhor visual e mais visibilidade à entrada principal da universidade.

Na cidade de Ilhéus está sendo concluída a instalação do Cais Consciência, um centro de divulgação de ciência e tecnologia, aberto à população local e a visitantes, e que vai atuar na educação não-formal, com experimentos interativos nos diversos campos do conhecimento humano. Outras obras de menor porte estão em execução a fim de adequar as instalações do campus às demandas da comunidade universitária.

Para que a rotina do campus, com seus 29 cursos de graduação, outros tantos de pós-graduação e de Educação a Distância, em paralelo com centenas de atividades inerentes à vida acadêmica, não sofram solução de continuidade, a Reitoria tem se empenhado junto ao Governo do Estado e de outras fontes de financiamento para que não faltem recursos que assegurem a conclusão da maioria dessas obras ainda este ano.