A Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH) e a Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista vão inaugurar, no próximo dia 4 de março, o Núcleo de Direitos Humanos de Prevenção e Combate à Homofobia. O espaço, primeiro da Bahia, será destinado a fornecer orientação jurídica, psicológica e social a todas as vítimas de violações e terá também a função educativa e preventiva de combater o preconceito e a discriminação e promover a cidadania de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT).

O Núcleo de Direitos Humanos de Prevenção e Combate à Homofobia funcionará na rua João Pessoa, nº. 433, Centro, Vitória da Conquista, Bahia. As próximas cidades a terem núcleos especializados no atendimento LBGT serão Salvador e Feira de Santana.

Crimes contra homossexuais no Brasil estão se tornando comuns nos últimos anos. Entre a violência física – que em vários casos chega à morte – e a violência verbal, muitas são as histórias contadas pelas vítimas. Em 2009, pelo menos 192 homossexuais foram mortos no Brasil, cinco a mais que o ano anterior. O dado foi fornecido pelo Grupo Gay da Bahia (GGB) a partir de recortes de notícias que são publicadas em jornais de todo o país, com a ressalva de que nem todos os crimes de homofobia são registrados como tal.

Segundo o GGB, a Bahia ocupa o primeiro lugar entre os casos de morte, com 23 assassinatos. Como proposta de atuação, o Núcleo será um centro de geração e difusão de informações e conhecimentos, serviço de apoio e incentivo à formação e qualificação profissional, espaço para estudos, pesquisas, debates e discussões sobre direitos humanos. Uma equipe formada por psicólogo, assistente social e advogado atenderá às vítimas e à população em geral para esclarecer dúvidas sobre direitos.