LOCAL: Palácio das Rosas, Largo do Campo Grande.
DATA: 30.03.10 (terça-feira)
HORÁRIO: 16h30

O QUE É: comemoração dos 50 anos de fundação das Voluntárias Sociais das Bahia (VSBA). Na ocasião será lançado um vídeo institucional que conta a trajetória do trabalho da instituição e um selo comemorativo em homenagem a data.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS:

VSBA: é uma organização não-governamental (ONG) que atua em consonância com o Sistema Único de Assistência Social (Suas) no atendimento das demandas sociais nas situações de emergência e de vulnerabilidade social, em parceria com três esferas de governo e associações comunitárias. A instituição foi fundada em 21 de março de 1960 por Dona Lavínia Magalhães, esposa do então governador Juracy Magalhães. Desde então, é tradicionalmente presidida pela primeira-dama do Estado, atualmente Maria de Fátima Mendonça.

VISÃO: ser referência de instituição de assistência social, no apoio e execução de políticas públicas, disseminando informações e realizando ações para promoção do desenvolvimento humano.

MISSÃO: realizar atividades sociais, educativas e culturais, visando à defesa da cidadania, a inclusão social, o resgate da autoestima, a saúde física e mental, à conquista da autonomia e sustentação da população excluída do desenvolvimento, pessoas em situação de vulnerabilidade e/ou risco pessoal e social.

AÇÕES DAS VSBA:

Carnaval Sem Fome: campanha de arrecadação de alimentos, antes e durante os festejos carnavalescos, para serem distribuídos para famílias de baixa.
 

Nossa Sopa: programa de combate à fome e desnutrição da população de baixa renda por meio da distribuição da refeição.
 

Programa de Melhoria da Saúde Materna e Neonatal: realiza ações sócio-educativas voltadas às gestantes.
 

Projeto Jovem Aprendiz: é responsável por qualificar jovens para o mercado de trabalho.
 

Projeto Neojibá: tem como objetivo promover o desenvolvimento social e urbano por meio da educação musical.

Programa Cultura, Arte e Lazer na Comunidade pela Paz: busca desenvolver e estimular valores culturais e artísticos, prioritariamente, em crianças e adolescentes de comunidades de baixa renda, por meio do acesso às fontes de cultura e o exercício da cidadania.
 

Programa de Capacitação Profissional: oferece cursos profissionalizantes de curta duração.
 

Programa Mais Futuro: encaminha jovens e adolescentes para o primeiro emprego em órgãos do Estado.
 

Programa de Ações Educativas para a Saúde Sexual e Reprodutiva: qualifica profissionais para atuarem na prevenção da gravidez indesejada e das DSTs /AIDS.