Nesta segunda-feira, 200 jovens negros de Salvador selecionados para participar da primeira turma do Projeto Integrado de Ação Afirmativa: Formação para Concurso Público e Qualificação Socioprofissional participam de aula inaugural a partir das 9h, no teatro da Universidade do Estado da Bahia (Umeb), no Cabula, quando o professor Hélio Santos abordará o tema Políticas de Ação Afirmativa: Concepções, História e Perspectiva.

Ação integrante da Agenda Bahia do Trabalho Decente, dentro do eixo de Promoção da Igualdade, o curso Afirmativo terá uma carga horária de 410 horas, distribuídas ao longo de oito meses. Durante as aulas serão apresentados conceitos de administração, Direito constitucional, legislação, atualidades, matemática, língua portuguesa, além de trabalhar com planejamento de carreira, discutindo a geração de renda por meio de cooperativismo, associativismo e empreendedorismo, com abordagem, ainda da temática de gênero e raça na contemporaneidade.

O Projeto Afirmativo consiste no desenvolvimento de atividades formativas, culturais e de intervenção social na cidade do Salvador, visando a igualdade de oportunidades bem como compensar perdas provocadas pela discriminação e marginalização decorrentes de motivos raciais, étnicos, religiosos e de gênero. O curso é gratuito e atenderá, inicialmente, ao município do Salvador, homens e mulheres, negros e negras, com baixo poder econômico, egressos do 3º ano do ensino médio da rede pública de ensino.

Turmas

Realizado pela Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), em parceria com a (Uneb) e com recursos do Fundo Estadual do Combate a Pobreza (Funcep), vinculado à Casa Civil, o Projeto Afirmativo tem cinco turmas, quatro na modalidade presencial, sediadas na Unidade Central do SineBahia, no Colégio Estadual Hamilton Lopes (Comércio), no Colégio Thales de Azevedo (Costa Azul) e no Centro de Estudos dos Povos Afro-Índio-Americanos (Largo do Carmo), e uma na modalidade à distância presencial. Neste caso, os alunos poderão fazer o curso por meio de computadores conectados à internet e se encontrarão, aos sábados, no Centro de Tecnologia de Lauro de Freitas.