O secretário de Segurança Pública do Estado da Bahia, César Nunes, assistiu, nesta quarta-feira (7), a apresentação de três trabalhos de pesquisa exibidos durante o 23° Congresso Internacional da Sociedade de Genética Forense, ocorrido entre os dias 14 e 18 de setembro, em Buenos Aires, na Argentina.
Os trabalhos aprovados foram o Estudo de Caso de Crime Sexual na Bahia, a criação do Banco de Dados de Estudo de SNPs – forma de identificação de DNAs em amostras degradadas –, e a Extração de DNA em coletas com pequenas quantidades.

As pesquisas foram realizadas durante um ano, com o apoio da Fundação de Amparo para a Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), por um grupo de oito peritos criminais. Em seguida, os resumos foram encaminhados à Sociedade Internacional de Genética Forense, com sede na Áustria, que os aprovou para apresentação no congresso.“Temos que salientar que nós fomos o único departamento de polícia técnica do Brasil que se fez representar nesse evento internacional”, observou Eugênio Nascimento, perito criminal e um dos responsáveis pela pesquisa.