O Projeto Três Marias, do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), realiza, nesta sexta-feira (23), no auditório da Casa Afrânio Peixoto, em Lençóis, o 2º Encontro de Parteiras Tradicionais da Chapada Diamantina.

Das 16 às 19h, o evento exibirá vídeos sobre parto natural, seguido por debates em torno do tema. A coordenação do projeto é da professora Mary Galvão da pró-reitoria de Extensão da Universidade do Estado da Bahia (Uneb).

Participarão do encontro parteiras dos municípios de Palmeiras/Vale do Capão, Iraquara, Seabra, Andaraí, Mucugê, Lençóis e gestores de saúde das esferas federal, estadual e municipal. Segundo a coordenadora, o encontro busca resgatar e valorizar o trabalho das parteiras, além de ser um espaço para troca de experiências e saberes tradicionais, técnico e científico.

Entre as ações previstas para o evento está o levantamento da situação do parto domiciliar na Chapada Diamantina, o cadastramento e a capacitação dessas mulheres e também a distribuição do kit da parteira, com materiais básicos para a realização do parto domiciliar. “As parteiras são figuras de suma importância dentro da cultura popular brasileira. Ainda hoje essas mulheres têm papel fundamental em muitas comunidades, principalmente em locais de difícil acesso e onde há carência de profissionais de saúde”, destaca Galvão.

O Projeto Três Marias faz parte das estratégias do Ministério da Saúde para reduzir doenças e a morte dos recém-nascidos e das mães durante a gestação, parto e no período pós-parto.