Técnicos da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep) da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), em conjunto com os da Secretaria Municipal de Saúde de Porto Seguro e da 8ª Diretoria Regional de Saúde, estão adotando as medidas necessárias para combater o surto de meningite meningocócica tipo C, no distrito de Trancoso.

Medidas adotadas

– Envio de técnico da Coordenação Estadual das Vigilâncias em Saúde Pública (Cevesp) e do GT-Meningite para apoio técnico às ações de vigilância epidemiológica no município;
– Quimioprofilaxia alargada de todos os contatos das vítimas, como: familiares, colegas da sala de aula, companheiro/a, dentre outros que tiveram contato próximo e íntimo com os casos;
– Continuidade do plantão 24 horas nos Pronto Atendimentos de Trancoso e Arraial D´Ájuda;
– Manutenção da ambulância de plantão nos Pronto Atendimentos de Trancoso e Arraial D´Ájuda;
– Divulgação de sinas/sintomas para população em geral através de meios de comunicação;
– Manutenção de plantão do Laboratório Central (Lacen) para recebimento e processamento de amostras biológicas para diagnóstico de meningite.

Casos notificados

Foram notificados oito casos, sendo seis confirmados pelo critério clínico-laboratorial e dois que ainda estão em investigação. Desses casos, quatro foram a óbito e os outros quatro continuam internados (um no Hospital de Eunápolis e três no Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro, sendo que um está em estado grave na UTI).

As vítimas participaram de uma festa no dia 18 em Trancoso e não se conheciam. Três deles que vieram a óbito eram do sexo masculino, um de 23 anos, era de São Paulo e estava há 15 dias em Porto Seguro. Os outros dois, um de 17 anos, era de Arraial D´Ajuda, e o outro de 16 anos de Trancoso. A quarta vítima, do sexo feminino, tinha 29 anos e também era de Trancoso. Já os outros quatro internados são três homens (22, 18 e 14 anos) e uma mulher (25 anos).