Diversas obras do Governo do Estado inauguradas nesta terça-feira (20) nas áreas de infraestrutura, saúde e educação vão beneficiar a população dos municípios de Conceição de Jacuípe e Amélia Rodrigues.

Em Conceição do Jacuípe, a 116 quilômetros de Salvador, o governador Jaques Wagner anunciou também a construção de 100 casas para os moradores da zona rural. “As ações do governo visam beneficiar principalmente a população que mais necessita. São conjuntos habitacionais, Postos de Saúde, escola, ações de segurança e água para todos. Enfim, tudo para oferecer mais qualidade de vida aos baianos”, disse o governador.

Entre as obras de infraestrutura anunciadas em Conceição do Jacuípe, serão realizadas a terraplanagem e a pavimentação em 1,2 quilometro do acesso que liga as áreas urbana e industrial do município. Para isso, foi assinada ordem de serviço dando inicio à construção. O investimento é de R$ 247 mil, favorecendo as atividades econômicas da região, como turismo, produção industrial e hortifrutigranjeiros.

Segundo o secretário estadual de Infraestrutura, João Leão, a estrada que liga o distrito de Picado à BR- 101 foi totalmente recuperada, com investimento de R$ 1,3 milhão. A previsão é que a obra seja inaugurada em dezembro deste ano.

Centros Digitais de Cidadania

Ainda em Conceição do Jacuípe, foram inaugurados três Centros Digitais de Cidadania (CDC), que serão mantidos em parceria com associações locais. Cada CDC conta com dez computadores ligados à internet banda larga, equipados com softwares livres e impressora.

Os centros serão abertos à comunidade já na próxima semana e oferecerão curso de informática básica aos jovens do município. “Estamos muito felizes com estas ações do Governo do Estado em Conceição do Jacuípe, atendendo diretamente aos moradores, principalmente os de baixa renda”, afirmou a prefeita municipal Tânia Yoshida.

Os CDCs são disponibilizados por meio do programa Cidadania Digital, que já implantou mais de 900 unidades em toda Bahia, contemplando bairros periféricos, assentamentos rurais, comunidades de quilombolas, afro-descendentes e indígenas.

Considerado a maior iniciativa estadual de inclusão digital do Brasil, o programa está em amplo crescimento e até o final deste ano contará com mais de mil CDCs, que estarão presentes em todos os 417 municípios baianos. A rede de Centros Digitais de Cidadania tem mais de 110 mil acessos diários e qualquer cidadão pode utilizar gratuitamente esses serviços.

Amélia Rodrigues recebe Unidade de Saúde da Família

No município de Amélia Rodrigues, a 80 quilômetros de Salvador, foi inaugurada uma Unidade de Saúde da Família (USF) e entregues uma ambulância e um Centro Digital de Cidadania, para comemorar os 48 anos de emancipação política da cidade.

A unidade de saúde foi construída e equipada com recursos da ordem de R$ 117 mil, sendo R$ 105 mil do Estado e o restante de contrapartida municipal. A população beneficiada é de aproximadamente quatro mil pessoas do bairro de Areal e áreas vizinhas.

A unidade conta com sala de espera, administração, sala de reunião, farmácia, consultórios de enfermagem, médicos e odontológicos, salas de curativo e sutura, esterilização, imunização e coleta, depósito de material de limpeza, copa e sanitários. As equipes serão formadas por médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, dentistas e agentes comunitários de saúde. Até 2010 serão inaugurados 400 USF na Bahia. Atualmente cerca de 270 já estão funcionando em todo estado.

O prefeito de Amélia Rodrigues, Antonio Carlos Cardoso, acredita que a unidade e a ambulância irão melhorar ainda mais os serviços de saúde prestados aos moradores do município. “Este foi um grande presente para a cidade. Precisávamos muito deste posto e fomos atendidos com rapidez”, disse.