O Edital de Apoio a Microprojetos Culturais, que teve inscrições encerradas no dia 30 de setembro, recebeu, em sua primeira edição no Estado, 1.183 propostas de 235 municípios do semiárido baiano. Duzentos e oitenta e uma cidades poderiam concorrer e apenas 32 não entregaram propostas, indicando a participação de 84% dos municípios da região.

A primeira etapa de seleção dos projetos será realizada entre os dias 26 e 30 de outubro. Neste período, as comissões de pré-seleções territoriais se reunirão em 24 cidades para indicar até três projetos por município. Em seguida, os projetos pré-selecionados serão avaliados pela comissão de seleção estadual. A previsão é publicar o resultado final do Edital Microprojetos Culturais durante a 3ª Conferência Estadual de Cultura. Pelo menos um projeto de cada cidade com inscrição será contemplado.

O edital é voltado exclusivamente para a região do Semiárido Baiano e pretende destinar mais de R$ 3 milhões em prêmios a propostas de diversas linguagens artísticas. A iniciativa tem a intenção de fomentar atividades de produtores culturais, artistas e grupos artísticos das áreas de artes visuais, artes cênicas, música, literatura e audiovisual, além de artes integradas.

O Microprojetos Culturais é uma ação desenvolvida na Bahia pela Secretaria de Cultura (Secult), por meio da Superintendência de Cultura (Sudecult), e pela Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), em parceria com o Ministério da Cultura, que atua pela sua Secretaria de Articulação Institucional (SAI) e pela Fundação Nacional de Artes (Funarte), e com o Banco do Nordeste do Brasil (BNB), por meio do Instituto Nordeste Cidadania (Inec). Durante todo o processo a Fundação Cultural contou com a colaboração de órgãos municipais de cultura.