O segundo dia de provas do Vestibular 2009 da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) também foi pautado pela tranquilidade, organização e segurança. As provas do Vestibular da Uneb e da seleção para o Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar do Estado (CFOPM) foram aplicadas em um total de 85 estabelecimentos educacionais (40 na capital e 45 em outras 23 cidades).

Aproximadamente 45 mil candidatos se inscreveram no Vestibular 2009 e CFOPM este ano, consolidando a posição de maior processo seletivo universitário das regiões Nordeste e Norte do país em volume de inscrições.

Os gabaritos de todas as provas serão divulgados nesta terça-feira (3), a partir das 12h, por questão de segurança. Já a prova de habilidade específica para os candidatos ao curso de Desenho Industrial será no dia 15 de fevereiro, exclusivamente no Colégio Iceia, bairro do Barbalho, em Salvador.

O resultado do Vestibular 2009 vai ser divulgado até o dia 6 de março. Logo após, a universidade publicará o calendário de matrículas para os aprovados no certame.
Das 5.045 vagas oferecidas no Vestibular deste ano, 2.018 estão destinadas para candidatos negros e 252 para indígenas. Segundo a presidente da Copeve, o número de negros e índios inscritos chegou a 13.538, superando as expectativas da instituição.

Este ano, os cursos mais concorridos na capital são Direito (57 candidatos para cada vaga), Enfermagem (42) e Fisioterapia (40). No interior, as maiores concorrências são para os cursos de Direito em Juazeiro (22), Paulo Afonso (16) e Jacobina (16); e Enfermagem em Senhor do Bonfim (20) e Guanambi (18).

A concorrência para o curso de oficiais da PM é de 41 candidatos para as vagas masculinas e de 74 para as femininas.