A Bahia é o terceiro destino turístico mais importante do país e este ano vai receber entre 1,5 (calculo da Abave) com um fluxo de até 3 milhões de visitantes nacionais e estrangeiros durante o verão e o Carnaval anunciou o governador da Bahia, Jaques Wagner ao participar nesta quarta (11), em São Paulo, do 15º workshop da CVC, com o tema “Cores e Sabores do Mundo”, considerado o maior evento privado do turismo nacional.

Wagner garantiu que já foram realizados os investimentos necessários ao aumento da infra-estrutura de hotelaria, eventos, shows , festas em geral, para o verão e carnaval. “Esperamos que a CVC traga mais de 300 mil turistas para o carnaval deste ano”, previu. O governador chegou ao evento acompanhado do ministro do Turismo, Luiz Paulo Barreto e do Secretário Domingos Leonelli.

O governador foi aplaudido quando comunicou aos participantes da mostra que todos os obstáculos apontados pela Anac para o funcionamento normal do aeroporto de Ilhéus, um dos roteiros mais visitados por turistas do mundo inteiro, já foram retirados. “Conseguimos remover todos os obstáculos”, disse. Ele aproveitou a presença do presidente da TAM, Davi Mangione para fazer um apelo. “Que a TAM volte a operar os vôos noturnos e aumente o número de vôos para Ilhéus”, argumentou.

Wagner informou que a segurança foi reforçada para o Carnaval baiano com 18 mil homens em Salvador e 20 mil em todo o estado. Foram treinados 7 mil policiais. “Temos hoje 120 equipamentos televisivos espalhados por todo o circuito carnavalesco. Estamos gastando mais de 20 milhões só na segurança e mais 3 milhões com serviços de inteligência“, frisou Wagner.

Apesar da crise internacional, o governador disse que a rede de hotelaria baiana está cheia até março, e com o dólar mais barato aumentou o número de turistas estrangeiros, entre eles, os norte-americanos estimulados pelos sete novos vôos iniciados em novembro fazendo a rota Miami /Salvador.

Em seu discurso, o governador informou que os dirigentes da CVC receberão o título de cidadãos baianos pela atenção dada ao turismo no Estado. Wagner convidou o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM) para visitar a Bahia e assistir ao Carnaval.

O Secretário de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli estava satisfeito com a participação da Bahia no evento. “Estamos reiterando a importância da Bahia como destino turístico nacional e internacional . Apesar da crise planejamos ampliar nosso movimento em relação ao ano passado”, afirmou Leonelli.

O presidente da ABH-Bahia, Ernani Pettinatti destacou a importância da vinda do governador e do secretário de turismo ao evento, para marcar a presença da Bahia em alto nível e mostrar ao público qualificado do setor os avanços na área do turismo estadual.

“É de grande importância não só para a Bahia e todo o Brasil estar em São Paulo, neste evento. Atualmente, a CVC ocupa o primeiro lugar como emissora de pacotes de São Paulo e de todo o Brasil para a Bahia”, afirmou Pettinatti.

O presidente do Conselho de Administração do Grupo CVC, Guilherme Paulus, informou que a partir de março a empresa aumentará de 7% para 10% os pacotes turísticos para o nordeste. Uma das possibilidades será o financiamento em 18 meses para facilitar o acesso dos turistas. Ele deu o exemplo de um pacote de uma semana para Porto Seguro, que poderá custar em 18 meses, R$ 49,00, por pessoa incluindo passagem aérea e hospedagem com café da manhã.

Na solenidade, o ministro do Turismo, Luiz Paulo Barreto leu um fax enviado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva aos participantes desejando o êxito do encontro.

Estavam presentes representantes dos governadores do Rio, Rio Grande do Sul, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, além de operadores nacionais e internacionais. O ministro do Turismo da Argentina, Enrique Meyer foi convidado para assistir o Carnaval baiano e disse que está impressionado com as facilidades e promoções oferecidas para visitar o Estado.

“O mundo vive a crise, mas ela pode se transformar em uma grande oportunidade para o setor do turismo”, afirmou Barreto ao agradecer aqueles que estão acreditando e continuam investindo no setor . Segundo ele, apesar da crise, o setor de turismo terá um crescimento positivo em 2009. “Vamos enfrentar esse ano de 2009 apesar da crise internacional”, concluiu o ministro.