LOCAL: Vila Policial Militar do Bonfim, na Avenida Dendezeiros, em Salvador.
DATA: 17.02.09 (terça-feira)
HORÁRIO: 17h

O QUE É: Aniversário da Polícia Militar da Bahia e entrega da reforma geral do Hospital da Polícia Militar.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS:

COMEMORAÇÃO: Para celebrar seu 184º aniversário, a PM iniciou as comemorações no último dia 11, com atividades desportivas entre policiais militares e a comunidade. No dia 12, os policiais militares participaram de um encontro cultural no Teatro Castro Alves para marcar os festejos, que se encerram no dia 17, com a solenidade cívico-militar e entrega das seguintes comendas: 

Medalha do Mérito Policial-Militar: É destinada a PMs que tenham prestado notáveis serviços a Bahia ou à própria Corporação. Além disso, é dedicada a militares das Forças Armadas, militares de outras policias e instituições civis, que prestaram relevantes serviços para o progresso e renome da Polícia Militar da Bahia. 

Medalha do Mérito Marechal Argolo – Visconde de Itaparica: Premia os integrantes da Corporação que se distinguiram no cumprimento do dever policial-militar. Poderão ser agraciados, também, militares das Forças Armadas, militares de outras polícias e civis que pelos serviços prestados tenham se tornados credores de homenagem da Polícia Militar. 

Medalha Conselheiro Almeida Couto: É destinada a premiar os integrantes da Corporação que tenham prestado relevante serviço ao Corpo de Bombeiros da Polícia Militar da Bahia ou tenham executado, em casos excepcionais, ações de destaque no cumprimento do dever profissional, e às autoridades e personalidades civis que tenham praticado atos meritórios em prol do desenvolvimento das atividades de bombeiros no estado.

HOSPITAL: O Centro Médico Hospitalar da Diretoria de Saúde da PM, formado pelo Hospital Geral da Polícia Militar (HGPM) e pelos ambulatórios, foi totalmente reformado e reestruturado para o atendimento de policiais militares. Além dos recursos aplicados nas reformas, reaparelhagem e contratação de pessoal, foi firmado um convênio, que prevê que a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab) custeará, mensalmente, 50% dos leitos do hospital como retaguarda, que serão utilizados pela Central de Regulação do Estado. O hospital possui uma unidade de pronto atendimento para ocorrências de média complexidade, com centro cirúrgico, equipamentos de reanimação, rede de gases, monitores cardíacos, entre outros. O ambulatório atenderá 12 especialidades, entre elas, cirurgia geral, cardiologia, ginecologia, psiquiatria e neurologia. Para ser atendido, o policial militar não precisará de vínculo com nenhum plano de saúde, e a gestão do hospital será da própria PM.

OUTRAS AÇÕES: O Governo do Estado tem investido em diversas iniciativas para melhorar a segurança pública. Seguem abaixo algumas destas ações:

Sistema de inteligência: As ações de inteligência policial foram reforçadas com a implantação de um sistema para unificação de um banco de dados.

Monitoramento: Foi implantado um moderno centro de monitoramento de áreas críticas, que atende aos municípios de Feira de Santana, com 11 câmeras (no centro comercial), Vitória da Conquista, com 16 câmeras (na área bancária) e Camaçari, com 22 (no centro comercial e na periferia). Em Salvador, existem 14 câmeras no Centro Histórico.

Combate a criminalidade: A desarticulação de quadrilhas ligadas ao crime organizado, culminou com a prisão de 269 pessoas em 2008, a apreensão de 47 armas, 714 quilos de maconha e 40 quilos de cocaína e a realização de 254 operações policiais.

Operação Verão: De olho no período de férias escolares, ciclo de festas populares e comemorações de fim de ano, a Polícia Militar da Bahia lançou a Operação Verão 2008/2009, que consiste, entre outras coisas, no aumento do efetivo, sobretudo, em locais que possuem monumentos históricos, museus, igreja, parques, reservas ecológicas, festejos populares e localidades de praia ao longo de toda costa baiana. A estratégia também valerá para o Corpo de Bombeiros.

Ronda nos Bairros: Implantado em setembro de 2008, trata-se de um projeto que está sendo realizado, inicialmente, em Salvador e, posteriormente, nas grandes cidades do estado. O objetivo do programa é aproximar cada vez mais a polícia da população e diminuir o tempo de resposta a um chamado. Para tanto, equipes policiais, fixas e móveis, realizam o policiamento de determinadas áreas, 24 horas por dia, podendo ser acionadas pelo cidadão por ligação telefônica. As regiões do bairro de Tancredo Neves e do subúrbio ferroviário foram as primeiras beneficiadas por serem umas das mais populosas de Salvador e apresentarem um alto índice de violência. As ações do projeto serão expandidas também para as áreas da 12ª Delegacia, com sede em Itapuã, e 16ª, no bairro da Pituba.

Deam Periperi: Inaugurada em outubro de 2008, a 13ª Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) do estado, e segunda de Salvador, foi instalada no bairro por conta do alto índice de registros de ocorrências de violência contra a mulher provenientes do subúrbio ferroviário. A unidade de Brotas constatou que 30% dos registros realizados procedem daquela região. Uma equipe de 32 policiais, especialmente treinados para melhor atender o público estará à disposição dos cerca de 500 mil habitantes do lugar. Além da Deam Periperi, outras quatro delegacias foram implantadas nestes dois anos: três Delegacias Especiais de Atendimento à Mulher (Deam) em Porto Seguro, Paulo Afonso e Alagoinhas e uma circunscricional em Monte Gordo (Camaçari). Também foram reformadas unidades policiais, sendo 45 na capital e 29 no interior.

Integração das polícias: Com a inauguração dessa nova unidade da Deam e a ativação da 18ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) no mesmo prédio onde funciona a 5ª Delegacia (Periperi), um antigo projeto na área da segurança pública baiana começa a ser concretizado: a integração do trabalho das polícias Civil e Militar. Pela primeira vez, de forma física, está se colocando em prática um novo conceito para a área, que afirma que cada polícia com seu papel e trabalhando de forma integrada traz resultados mais positivos.

Contratação: Foram realizados em 2008 dois grandes processos seletivos, com a contratação de 3.200 novos policiais militares que já atuam nas ruas da cidade. Além disso, 99 delegados foram formados pela Academia da Polícia Civil (Acadepol) e aguardam contratação.

Novos Policiais Civis: Em julho de 2008, foram empossados 94 agentes e 67 escrivães à Polícia Civil. Os novos servidores concluíram o treinamento e foram designados em definitivo para assumir suas funções. Com o reforço, o público passa a ter um melhor atendimento nas delegacias e mais agilidade no trabalho de investigação, considerado um dos setores essenciais para o bom desempenho da organização.

Viaturas: Em dois anos, foram adquiridos 351 veículos para as polícias, sendo 191 com gestão terceirizada, que garante economia e reposição imediata em caso de quebra ou acidente. O Corpo de Bombeiro foi contemplado com 31 caminhões para combate a incêndios. Em 2008, foram adquiridos também 465 novos equipamentos de informática. Todas as viaturas da PM já possuem monitoramento do GPS.

Delegacia Digital: Foi implantada em 2008 e pode ser acessada por meio do endereço www.delegaciadigital.ssp.ba.gov.br. O cidadão pode registrar a ocorrências de furtos, perdas ou extravio de documentos ou objetos de pequeno valor, através da internet, além de consultar os antecedentes criminais e informar a recuperação de documentos.

Pró-vida: Criado em fevereiro de 2008, tem como objetivo melhorar o policiamento em bairros considerados com grande incidência de violência, levando-se em consideração os maiores índices de homicídio apurados pelo Centro de Estatística e Documentação Policial (Cedep). Cada delegacia inserida no programa recebe apoio de duas equipes da Polícia Civil e outras duas da Polícia Militar. O tempo em que permanecem nos bairros é variável, de acordo com o resultado obtido. A SSP realizou mais de 60 operações conjuntas no decorrer do ano, principalmente para combater e prender as principais quadrilhas de traficantes de drogas.

Siida: O Governo do Estado investiu em tecnologia de suporte às investigações policiais, com a aquisição de equipamentos e desenvolvimento de softwares para instalação do Sistema Automático de Identificação de Impressões Digitais (Siida), com recursos superiores a US$ 12,4 milhões. Além disso, foram informatizadas 57 unidades policiais na capital e no interior, com aquisição de 2.812 equipamentos.

Pesquisa: Foram financiados projetos de pesquisa tecnológica, em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), com investimento de R$ 500 mil.

Armamentos: A Polícia Militar recebeu 705 novas armas. Em 2008, R$ 1,9 milhão foi destinado para a aquisição de munição real e de treinamento. Estão assegurados recursos de ordem de R$ 4,4 milhões para compra de 4.425 coletes balísticos para Polícia Militar, a maior compra já realizada pelo Governo do Estado.