O percussionista japonês Naoya Sawada conduz seus alunos conterrâneos pelas ruas do Pelô há sete anos. Nesta segunda-feira (23), o grupo do professor desfilou no Circuito Batatinha/Centro Histórico, arrancando aplausos por onde passava. Batizado “Nataka Toshia”, que em japonês significa saúde, o grupo é formado por 70 músicos, todos mochileiros, que se encontram anualmente no Carnaval do Pelô.

Sawada mora há 12 anos no bairro de Santo Antônio Além do Carmo, onde acolhe os percussionistas. Ele aprendeu a arte do batuque na Bahia e conta que teve mestres de peso, como Carlinhos Brown. “Sempre toco no Arrastão, mas, nesse ano, não vou poder acompanhar Brown porque tenho muitos visitantes em casa”. Fica para 2010 a promessa de novo encontro Bahia-Japão.